A Superintendência de Seguros Privados (Susep) editou a Circular 592, publicada no dia 29 de agosto de 2019  no Diário Oficial da União (DOU), com o intuito de  adequar os produtos de seguro às reais necessidades do consumidor. Assim, o normativo trouxe as condições gerais para a customização de planos de seguros com vigência reduzida de contrato e período intermitente, sendo uma evolução no mercado brasileiro de seguros.

 Na prática,a partir da edição desta Circular, as seguradoras podem oferecer apólices de seguros que são acionadas de acordo com a conveniência do consumidor. “Citando como exemplo o seguro de automóvel, um dos mais populares do país, o segurado terá a opção “liga-desliga” quando comprar o produto ou mesmo optar por intervalos de contratação diferentes da praxe do mercado, que é o plano anual”, explica o diretor da Susep Rafael Scherre.

O normativo da Susep informa que a vigência reduzida se aplica a períodos que podem ser fixados em meses, dias, horas, minutos ou a viagens, trechos e a quaisquer outros critérios estabelecidos no plano de seguro. Já o período intermitente (“liga-desliga”) levará em conta os critérios de interrupção e recomeço da validade da apólice, bem como a inclusão ou a exclusão de riscos.

Funcionamento do seguro Pay per Use
O formato de seguro Pay-Per-Use consiste na cobrança de uma pequena assinatura mensal, de modo que sua cobrança será somada a um valor que pode variar de acordo com os quilômetros rodados e pela forma de dirigir do usuário. Em formato final de design, o produto deve ser lançado ao mercado no primeiro trimestre do próximo ano. “Não há mais necessidade de pagar preços altos para compensar o risco generalizado de outros clientes. O papo do ‘bom paga pelo mal’ está com os dias contados. Assim o valor será mais justo para todos”, diz Gregori.

O modelo Pay-Per-Use se assemelha ao praticado pelas prestadoras de serviços telefônicos, onde os consumidores pagam por um valor mínimo de assinatura mensal que é complementado por custos de acordo com a usabilidade. na prática, quanto menos a pessoa utilizar o automóvel, menor será o custo da apólice. A princípio o serviço terá opção mensal, mas a tendência é que modelos semanais ou diários sejam disponibilizados posteriormente.

Ficou com alguma dúvida sobre seguros de automóvel, seguradoras, seguro de vida,seguro residencial,indenizações negadas, seguro predial, planos de saúde ?

Fale com nossa equipe através do whatsapp : 54 -9.9924-1110. Somos especialistas neste segmento, e estamos à disposição para atendê-lo.


Marcos Bulsing

Marcos Bulsing

Advogado, inscrito na OAB/RS 83.519 Graduado em direito na Universidade de Caxias do Sul-RS Corretor de Seguros desde 2005, inscrito na SUSEP, nº 10.0578517 Profissional com mais de 15 anos de experiência no mundo corporativo, com ênfase nos setores bancário, trabalhista e securitário.

1 comentário

Deixe uma resposta